LISP

2D-3D: Esse comando altera rapidamente o valor da coordenada Z de uma curva de nível. Ideal para situações em que você está com o desenho em 2D e precisa da topografia em 3D (coord. Z correta). Você só precisa fornecer o valor da primeira e segunda curva, para que o comando possa calcular o incremento. Os valores das curvas restantes, o comando apresenta o valor para sua confirmação. Para evitar que você se confunda se determinada linha, foi ou não alterada, o comando vai trocando a cor da linha, conforme for sendo movida para a coordenada Z certa.

ALIGN-XY: Esse comando escala um conjunto de objetos selecionados (inclusive imagens), com fatores diferentes para x e y. O objetivo principal desse comando é facilitar o georeferenciamento de uma imagem. Você poderá “deformar a imagem” fornecendo um conjunto de 3 pares de pontos. O procedimento para usar essa rotina é parecido com o procedimento do comando align.

ALT-ATT: Esse comando altera a altura do texto do atributo de um bloco, sem precisar explodi-lo. É útil principalmente para versões do Autocad anteriores à 2002. Nas versões mais recentes, basta dar um clique duplo no atributo que ele será aberto para edição.

ANG-ATT: Esse comando altera o ângulo do texto do atributo de um bloco, sem precisar explodi-lo. É um comando muito útil principalmente para versões do Autocad anteriores à 2002. Nas versões mais recentes, basta dar um clique duplo no atributo que ele será aberto para edição.

AREAS: Esse comando calcula e escreve a área de uma polyline fechada. Utiliza o estilo de texto (textstyle) e o número de casas decimais corrente para escrever o resultado. Alguns comentários serão apresentado quando executar o comando pela primeira vez. Permite escrever em hectare (ha) dividindo o resultado encontrado por 10.000, supondo que você esteja trabalhando em metros. Possui um recurso interessante que destaca os limites da área calculada e aguarda a sua confirmação, para ter a certeza que a área calculada foi a correta.

AREATOTAL: Rotina para calcular a área total de diversas regiões que podem ser selecionadas todas de uma única vez.

AT: Esse comando altera a rotação dos textos selecionados, para que fiquem paralelos a uma linha ou segmento da pline. Observe que a direção do texto depende do ponto escolhido da line (se o ponto clicado foi na metade inicial ou final da linha). De qualquer forma, você ainda poderá rotacionar o texto em 180°.

AT=X: Esse comando move os textos selecionados, alinhando-os pela coordenada X de um ponto solicitado e mantém a coordenada Y original de cada texto. Para um perfeito alinhamento é necessário que o modo de alinhamento de todos os textos seja o mesmo (left, right, bc, etc…). Se no grupo dos textos selecionado, existir mais de um modo de alinhamento, use antes o comando tjust do express para igualá-los.

AT=Y: Esse comando move os textos selecionados, alinhando-os pela coordenada Y de um ponto solicitado e mantém a coordenada X original de cada texto. Para um perfeito alinhamento é necessário que o modo de alinhamento de todos os textos seja o mesmo (left, right, bc, etc…). Se no grupo dos textos selecionado, existir mais de um modo de alinhamento, use antes o comando tjust do express para igualá-los.

ATERRO: Esse comando solicita a linha de topo e linha da saia para desenhar a representação de talude, num desenho de topografia.

AZ: Esse comando calcula e escreve o valor do azimute e fornece o comprimento de uma linha ou a distância de dois pontos. Para o cálculo do azimute será considerado o norte como 90º. Os textos serão escritos com o número de casas decimais corrente. Você pode definir os 2 pontos, clicando na tela ou selecionando uma linha existente. Nesse caso o ponto clicado definirá o sentido. Clique sempre entre o meio da linha e o ponto final.

BALÃO: Essa rotina usa o comando leader para escrever números ou letras envolvidas por um círculo.

BANDEIRA: Esse comando desenha um retângulo sombreado ao redor de um texto a ser destacado. Cria uma linha de chamada, para indicar exatamente o ponto de referência.

BI: Essa rotina desenha a bissetriz entre duas linhas. O ponto escolhido para selecionar a primeira linha, definirá o comprimento da linha que define a bissetriz. As linhas selecionadas podem estar em qualquer posição, podendo ou não se cruzarem.

BOLA: Esse comando serve para incluir no seu desenho indicações e comentários, não utiliza o comando leader do autocad. Utiliza o tamanho da letra corrente (textsize) para servir de referência para a escala a ser usada.

BOLAC: Esse comando serve para incluir no seu desenho itens de identificações dos elementos. Utiliza o tamanho da letra corrente (textsize) para servir de referência para a escala a ser usada.

BRANCO: Esse comando troca de uma forma muito simples e rápida a cor do fundo da tela gráfica do autocad para a cor branca. Basta selecionar o ícone de fundo branco.

BREAKFENCE: Esse comando solicita os pontos para definir uma pline que irá quebra as linhas que ela cruzar.

CANT-HIDE: Esse comando executa o hide em 2D de cantoneiras num desenho de estrutura metálica. Você só precisa selecionar a cantoneira que está na frente. Observe que se mover uma das duas cantoneiras, o hide será atualizado automaticamente. VÍDEO

CHT: Esse comando executa o antigo comando chtext, muito usado nas versões antigas do autocad e que hoje não está mais disponível. Para quem se acostumou a trabalhar com ele e está tendo dificuldade de adaptação aos novos meios de trabalhar com textos, o comando aqui, resgata o bom e útil chtext.

CHV: Esse comando desenha o símbolo de uma chave. Pode ser usado para desenhar chaves, tanto na vertical como na horizontal. Usa a altura do texto corrente como referência para definir o tamanho das “pernas” inclinadas da chave. Esse comando pode ser configurado para desenhar com arcos ou retas. Digite cfg para acessar o arquivo de configuração.

CINZAC: Esse comando troca de uma forma muito simples e rápida a cor do fundo da tela gráfica do autocad para a cor cinza claro. Basta selecionar o ícone de fundo cinza claro.

CINZAE: Esse comando troca de uma forma muito simples e rápida a cor do fundo da tela gráfica do autocad para a cor cinza escuro.

Basta selecionar o ícone de fundo cinza escuro.

CIR-CHEIO: Esse comando desenha um circulo, com a cor e o layer corrente. Depois preenche com o “solid”. Observe que o “solid” será enviado para trás, de todos os objetos com o uso do comando draworder.

CIRCUITO: Esse comando desenha a representação dos fios fase, neutro, retorno e terra do circuito num desenho de instalação elétrica. O comando usa a altura de letra corrente com referência para calcular o tamanho dos símbolos. O comando não desenha o conduite, apenas a indicação de fase, neutro, etc.

COLUNA: Esse comando desenha a representação de uma coluna nos desenhos de instalação hidro-sanitária.

COMP-LAY: Esse comando calcula o somatório de todas as polylines, lines e lwpolylines que estejam num mesmo layer. Use esse comando para calcular quantitativos de elementos unifilares que possam ser representados por uma linha, por exemplo, num projeto de tubulação, desenhe os tubos separados por diâmetro e em um layer para cada diâmetro. Depois use esse comando para calcular o quantitativo.

COMP-TOT: Esse comando calcula o comprimento total de uma lwpolyline e escreve o resultado num ponto especificado por você.

CONG-J: Esse comando congela o layer do objeto selecionado na viewport. Atua somente na viewport corrente.Você não precisa saber qual o nome do layer, basta clicar sobre o objeto, que o layer do objeto selecionado será congelado somente na viewport ativa.

COPYGIRA: Esse comando executa de uma só vez, os dois comandos originais do autocad, o copy e o rotate usando o mesmo ponto base para os dois comandos.

COPYLAST: Esse comando executa uma cópia dos objetos selecionados, de forma que os objetos resultantes da cópia, poderão ser selecionados em select objects: com a opção ‘p’ (previous). Essa forma de seleção e muito utilizada e guarda o último grupo de objetos selecionados pelo autocad.

COPYTRIM: Esse comando permite copiar os objetos selecionados, que estejam dentro de um retângulo. Pede o ponto de destino para onde os objetos serão copiados. O ponto base será sempre o inferior esquerdo. Após a cópia de todos os objetos, o comando executa um trim externo ao retângulo. O programa não altera os objetos originais.

COR-ATT: Esse comando altera a cor do atributo de um bloco, sem precisar explodi-lo. É um comando útil, principalmente para versões do Autocad anteriores à 2002. Nas versões mais recente, basta dar um clique duplo no atributo.

CORTE: Essa rotina solicita os dois pontos que definem uma linha de corte. Insere os dois símbolos (com atributo), nas extremidades, já alinhados com o eixo da linha de corte. O fator de inserção é ajustado automaticamente para a escala da viewport corrente. A rotina permite ainda, que você escolha, se vai querer ou não, manter a linha que une um símbolo ao outro. Você poderá personalizar seu símbolo de corte, basta abrir o desenho de nome corte.dwg na pasta dos símbolos do acadutil, e alterá-lo, tomando o cuidado de manter a mesma unidade e rotação.

COTA-INT: Esse comando realiza o dimensionamento de um trecho interrompido. Na realidade o objeto final é um ‘group’ composto por alguns objetos (cota explodida) que simulam uma cota interrompida. O comando muda para uma UCS alinhada com os pontos e depois retorna para a UCS corrente.

COTAISO: Esse comando realiza o dimensionamento num desenho isométrico. Você não precisa se preocupar se o texto da cota está inclinado p/ esquerda ou para direita. Basta clicar sobre o segmento da pline e escolher um ponto para localizar a linha da cota. O comando desenha dois eixos temporários para ajudar você a escolher a melhor posição da cota, clique sobre um dos dois eixos. Depois de ser desenhada a cota, os eixos temporários serão apagados.

COTARC: Esse comando cota o desenvolvimento de arcos. Na realidade o comando executa as seguintes operações:

  • Cota o arco usando a opção dimension angular
  • Calcula o desenvolvimento do arco
  • Troca o texto da cota pelo comprimento calculado.

COTAZ: Esse comando escreve o valor da coordenada Z das curvas de níveis selecionadas. Você pode optar em escrever, utilizando as seguintes opções:

  • Usando o trim para quebrar a curva
  • Usando o TEXTMASK para ocultar a curva
  • Sem quebrar nem ocultar a curva
  • Escrever no início ou final da curva

CT: Copia e altera o texto que foi copiado. Logo após a seleção, o ponto base será definido automaticamente e acionado o quadro ‘ddedit’ para alteração do conteúdo do texto. Tudo isso em um único comando. Elimina várias etapas se essa mesma operação fosse feita no modo original do Autocad.

DEC%: Esse comando calcula e escreve, a declividade entre dois pontos, que pode ser obtida selecionando uma linha existente, ou clicando em 2 pontos da tela. Você pode também indicar uma declividade pré-estabelecida para o comando desenhar dois eixos auxiliares e clicar num ponto pertencente a um desses eixos. O texto será escrito com o número de casas decimais corrente.

DECLI: Redesenha uma linha assumindo uma declividade ou aclividade desejada. O valor fornecido será em percentual.

DEL-VERT: Esse comando reduz a quantidade de vértice de uma lwpolilyne. Tenha muito cuidado ao usá-lo, pois a redução do número de nós numa polyline pode deformá-la e o resultado não ser o esperado. Portanto é sempre bom fazer um teste em uma cópia do seu desenho antes de usá-lo. Se necessário, use o comando ‘convertpoly’ para transformar a pline do formato antigo.

DESC-J: Esse comando descongela todos os layers, atua somente na viewport corrente. Observe que o objetivo é descongelar somente na viewport corrente, e não no modelspace.

DESSEC: Esse comando desenha uma seção topográfica a partir dos dados contidos num arquivo texto. Veja o exemplo comentado de nome DESSEC.MAN para saber quais os dados necessários.

DIF: Calcula a subtração de dois números e depois escreve o resultado trocando o valor de um terceiro texto selecionado.

DISTLINE: Rotina para desenhar unifilar de tubos. Desenha a linha, escreve o comprimento e o diâmetro. Solicita o ponto inicial e final, para desenhar uma linha (tubo). Escreve também um texto fornecido por você (diâmetro do tubo). Será criado um layer com este nome e a linha será desenhada neste layer.

DISTRIB: (corte) Representa a linha de distribuição (piano) em corte de uma barra num desenho de armadura de concreto armado.

DISTRIB: (planta) Representa a linha de distribuição (piano) em planta de uma barra num desenho de armadura de concreto armado.

DIVIS: Divide um número por outro e escreve o resultado trocando o valor de um terceiro texto selecionado.

ESCREVE-Z: Esse comando escreve os valores das curvas de níveis selecionadas através de uma fence, ou seja, nos pontos onde a fence cortar as curvas, será escrito o valor da cota z da curva. O número de casas decimais usado para escrever, será o corrente. Você pode adotar diversos critérios para escrever (só curvas pares, impares, todas, múltiplas de 5 etc…). Pode escolher também se será usado o trim, testmask ou não interromper para escrever o valor de Z da curva.

DEC%: Esse comando calcula e escreve, a declividade entre dois pontos, que podem ser obtidos selecionando uma linha existente, ou clicando em 2 pontos da tela. Você pode também indicar uma declividade pré-estabelecida para o comando desenhar dois eixos auxiliares e clicar num ponto pertencente a um desses eixos. O texto será escrito com o número de casas decimais corrente.

ELEV0: Esse comando move todos os objetos selecionados para a elevação zero. O fato dos objetos terem a coordenada Z diferente de zero, pode atrapalhar certos comando do Autocad. Para usá-lo basta selecionar os objetos que deseja zerar. Os objetos manterão as coordenadas X e Y e terão o valor da coordenada Z alterado para zero.

ELEV-ATT: Esse comando altera a elevação de um bloco atributado. Muda a coordenada “Z” de inserção do bloco (cota Z) para o valor que está especificado no conteúdo do atributo. Ideal para preparar um desenho para servir de input para outros programas de topografia. Antes de selecionar, deixe visível na tela somente os blocos que deseja mudar de elevação.

ESCAVAÇÃO: Esse comando solicita a linha de topo e linha da saia para desenhar a representação corte em rocha num desenho de topografia.

EST: Esse comando executa o estaqueamento de uma polyline ou lwpolyline. Solicita o tipo de estaqueamento (estaca ou km); o espaçamento da marcação das estacas (tick); o espaçamento da indicação (texto) e o número da estaca inicial. Para selecionar a pline, clique perto da extremidade da estaca inicial (se desejar inverter a ordem, clique perto da outra extremidade). Você pode configurar no arquivo estaqueamento.cfg: a cor do texto; a cor do tick; tamanho da letra; prefixo para o texto; ponto de inserção do tick ; valores defaults para os espaçamentos.

FORM: FORMATA TEXTOS – Troca a formatação dos textos da malha de coordenadas incluindo “.” como separador dos milhares. Aceita textos com no máximo 12 caracteres numéricos. Ex: N=12345678 muda para: N=12.345.678

HIDE-GER: Esse comando executa o hide nos objetos em 2D. Na realidade ele cria um wipeout e associa ao objeto que está na frente. Primeiro o comando pede para selecionar o objeto da frente, depois pede os pontos para definir o contorno de hide. Observe que se mover um dos dois objetos o hide será atualizado automaticamente.

I-CONG-J: Esse comando isola um layer (mesmo conceito do express) ou seja, congela todos os outros layers, ficando visível somente o layer do objeto selecionado. Atua somente na viewport corrente.

IDPT: Esse comando escreve os valores das coordenadas X e Y, acrescentando como prefixo as letras ‘N=’ e ‘E=’. Utiliza a leader do próprio Autocad. O número de casas decimais do texto, será igual ao número de casas decimais corrente.

IGUALTXT: Esse comando troca o conteúdo de diversos textos selecionados. Primeiro solicita um texto para extrair o conteúdo e depois solicita a seleção de todos os textos que deverão ser trocados. Observe que a única coisa que muda é o texto em si, as demais propriedades permanecem inalteradas.

INVERTE-LW: O acadutil possui diversos tipos de linhas (linetype) personalizados. Algumas delas, possuem um desenho ao longo da linha, (tipo a linha de rocha). Para a representação sair correta essas linhas, tem que ser desenhadas com um sentido certo, começando da esquerda para direita. Se a linha não estiver nessas condições a representação ficará na parte superior da linha. Para corrigir isso, use esse comando, que muda a representação para baixo trocando o ponto inicial pelo final, sem precisar redesenhar a linha.

ISOMETRICO: Esse comando gera uma vista isométrica dos objetos que você selecionar. Ele cria um bloco de nome ISOMET com a vista isométrica e insere no desenho.

JC: Esse comando desenha uma linha representando a junta de construção para desenhos de concreto armado. Observe que o tamanho da simbologia da junta se adapta automaticamente a escala da viewport. Será apresentado um valor adequado, para a inserção do símbolo da junta, você poderá aceitar o valor padrão ou alterá-lo se desejar.

LEGENDA: Esse comando apresenta um quadro contendo as legendas mais usadas num desenho de concreto armado, para que você possa escolher quais pretende inseri-las no seu desenho.

LINE-PL: Esse comando converte diversas lines em lwpolylines, de uma só vez. Opera praticamente da mesma forma que o comando pedit, porém muito mais prático de usar. Observe que você pode selecionar com uma janela todas as lines e unir diversos conjuntos de linhas na mesma operação.

LISTAFER: Esse comando desenha a lista e o resumo de barras, no desenho de armadura de concreto armado. Obtém os dados de um arquivo texto que pode ser gerado por um editor tipo o ‘Bloco de notas’. Esse arquivo tem obrigatoriamente que conter as seguintes informações: Posição; diâmetro; quantidade e comprimento (uma em cada linha)

MALHACOOR: Esse comando desenha a malha de coordenadas com opções de escreve as coordenadas, somente nas extremidades ou em todos os cruzamentos. Você pode escolher também a forma de indicação dos prefixos N/E ou X/Y. Atenção que a UCS corrente tem que ser a Word.

MAOLIVRE: Esse comando transforma uma linha em uma polilinha dando um aspecto de ser uma linha desenhada a mão livre (croqui). Permite ajustar alguns parâmetros para obter o resultado desejado.

MEA-AUT: Esse comando executa o comando “measure” em várias entidades que foram selecionadas ao mesmo tempo.

MESMOTXT: Esse comando troca o conteúdo de diversos textos selecionados. Primeiro solicita a seleção de todos os textos que deverão ser trocados. Depois abre uma caixa para você digitar o novo texto que deverá ser assumidos pelos textos selecionados. Observe que a única coisa que muda é o texto em si, as demais propriedades permanecem inalteradas.

MOVEGIRA: Esse comando executa de uma só vez, os dois comandos originais do autocad, o move e o rotate.

MULT: Multiplica dois textos numéricos e depois escreve o resultado trocando o conteúdo de um terceiro texto selecionado.

NJ: Esse comando cria uma viewport no paperspace, e depois apresenta um quadro com as escalas disponíveis para você escolher. Se a escala desejada não existir na relação apresentada você pode escolher a opção ‘escala não padronizada’ e informar o valor desejado. A borda da viewport é desenhada no layer chamado ger-viewport, que se não existir será criado. Esse layer por default não é impresso e usa a cor 151, mas pode ser configurada com o comando CFG.

NOTAS: Esse comando solicita um arquivo com as notas para serem inseridas no desenho. Será apresentado um quadro com todas as notas do arquivo. Você irá assinalar apenas as notas desejadas. A numeração das notas será automática, considerando somente a notas escolhidas. O arquivo com as notas está no formato texto e pode ser alterado por qualquer editor de textos que gere arquivo txt.

NUMSEQ: Esse comando troca o conteúdo de diversos textos selecionados, numerando-os em ordem de acordo com a sequência que foi selecionado. Pode definir o valor inicial e o incremento. Observe que a única coisa que muda é o conteúdo do texto em si, as demais propriedades permanecem inalteradas.

PAPERPDF: Esse comando abre um arquivo no formato pdf, contendo os conceitos básicos sobre o uso do paperspace.

PARCIR: Esse comando divide uma circunferência em dois tipos de linhas, o segmento definido por dois pontos no sentido anti-horário será desenhado com a linha tracejada (linetype hidden2).

PERF3D: Esse comando desenha a seção topográfica a partir dos dados contidos num arquivo texto. Veja o exemplo comentado de nome DESSEC.MAN para saber quais os dados necessários.

PERFIL: Esse comando gera seções ou perfis topográficos ao longo de um eixo desenhado com uma lwpolyline. Esse eixo pode ser formado por linhas e arcos. Logicamente será necessário que as curvas de níveis estejam com os valores das cotas Z definidos corretamente. O comando solicita a escala em X e Y; o espaçamento para desenhar as linhas de chamadas horizontais correspondente as curvas. Caso o eixo cruzar com alguma linha com a cota Z=0, será desenhado no perfil uma linha vertical com a mesma cor da linha que foi cruzada em planta. Desta forma você pode indicar alguns elementos para servirem de referência no perfil.

PL-CHEIO: Esse comando desenha uma polyline fechada, com a cor e o layer corrente. Depois preenche o contorno com o solid. Observe que o solid será enviado para trás de todos os objetos com o uso do comando draworder.

PLW: Altera o valor da espessura da polilinha.

POINTVERT: Esse comando insere um ponto (objeto point) em cada um dos vértice das lwpolylines selecionadas. Você pode selecionar todas de uma só vez.

POLAR3: Executa a seqüência de comandos necessários para desenhar 3 cópias rotacionadas em torno de um ponto central, aliando-as em relação ao eixo. O programa executa o comando “ARRAY” “P” “3″ “360″ “Y”.

POLAR4: Executa a seqüência de comandos necessários para desenhar 4 cópias rotacionadas em torno de um ponto central, aliando-as em relação ao eixo. O programa executa o comando “ARRAY” “P” “4″ “360″ “Y”.

PORTA: Esse comando executa de forma simples e rápida o desenho das portas numa planta baixa de arquitetura. Executa as seguintes operações:

  • quebra as linhas da parede gerando o vão
  • insere o bloco chamado por60, por70 ou por80
  • fecha o vão
  • Se a porta for no canto (próximo a interseção de duas paredes) a boneca será considerada de 10cm.

PRETO: Esse comando troca de uma forma muito simples e rápida a cor do fundo da tela gráfica do autocad para a cor preta. Basta selecionar o ícone de fundo preto.

PROLONG: Esse comando prolonga a cantoneira em função do diâmetro do parafuso. Ao clicar na cantoneira o comando procura por um parafuso na extremidade. Caso encontre, apresenta uma janela já com o com o valor calculado de acordo com a norma para distância mínima do centro do furo à extremidade cortada. Se não encontrar nenhum parafuso, será apresentada a janela em branco para você digitar o valor a ser prolongado.

QUAD: Esse comando serve para incluir no seu desenho itens de identificações dos elementos. Utiliza o tamanho da letra corrente (textsize) para servir de referência para a escala a ser usada.

QUANT-ML: Esse comando soma o comprimento de todas as multlines encontradas, totalizando separadamente em função do nome da multline. Esse comando é ideal para fazer quantitativo de materiais, seja tubo, perfil metálico, etc… Obviamente, o desenho deverá ter sido feito usando a ferramenta de multline para desenhar os tubos ou perfis.

QUANTUB: Calcular o somatório de todas as polylines, lines, lwpolylines que estejam num layer pré-definido. Digite QUANTUB na linha de comandos.

R100, R120….: Esse comando escreve textos com letras de 2.5mm de altura, isso equivale a régua nº 100 dos antigos normógrafos tipo aranha. Para cada régua, ou seja para cada tamanho de letra, existe um ícone próprio. Observe que a cor é ajustada para que o texto seja impresso com a espessura apropriada ao tamanho da letra. Use esse comando somente para escrever no model, mas sempre através de uma viewport.

RET-CHEIO: Esse comando desenha um retângulo, com a cor e o layer corrente. Depois preenche com o “solid”. Observe que o “solid” será enviado para trás de todos os objetos, com o uso do comando draworder.

RET-L: Esse comando desenha um quadrado, a partir do ponto central e da dimensão do lado do quadrado. A dimensão do lado você pode fornecer clicando em dois pontos quaisquer da tela.

RET-SL: Esse comando desenha um quadrado, a partir do ponto central e do midpoint de um dos lados do quadrado.

ROCHA ALTERADA: Esse comando solicita a linha de topo e linha da saia para desenhar a representação corte em rocha alterada num desenho de topografia.

ROCHA SÃ: Esse comando solicita a linha de topo e linha da saia para desenhar a representação corte em rocha sã num desenho de topografia.

ROT: Esse comando rotaciona os objetos selecionados, deixando-os paralelos a outro objeto existente. Funciona como o comando rotate, só que ao invés de fornecer um valor numérico para o angulo, você deverá clicar sobre outro objeto para obter o angulo.

ROTEXT: Esse comando rotaciona todos os textos e mtext, selecionados de uma só vez. A vantagem é que adiciona um valor ao angulo de rotação de cada texto, mantendo o ponto base, que foi usado na hora da inserção.

RUPTURA: Esse comando desenha um lwpolyline representando uma linha de interrupção, sem usar blocos. A representação da interrupção é ajustada automaticamente conforme a escala da viewport. O comando solicita pelo ponto inicial e final, depois traça uma linha unindo esses dois pontos e solicita pelo ponto de inserção da interrupção.

SETAS: Esse comando desenha setas em sequência. Você pode desenhar diversas setas onde o final de uma é igual ao início da outra, realizando uma sequência de setas. Ideal para traçar um percurso. Se você estiver trabalhando no layout, o comando vai ajustar o tamanho da seta em função da escala da viewport.

SETAC: Esse comando serve para incluir no seu desenho itens de identificações dos elementos. Utiliza o tamanho da letra corrente (textsize) para servir de referência para a escala a ser usada.

SETA:. Esse comando serve para incluir no seu desenho indicações e comentários, não utiliza o comando leader do autocad. Utiliza o tamanho da letra corrente (textsize) para servir de referência para a escala a ser usada

SET-ZXP: Esse comando apresenta um quadro com as escalas padronizadas, para você definir a escala da viewport corrente. Se a escala desejada não existir na relação apresentada você pode escolher a opção ‘escala não padronizada’ e informar o valor desejado.

SOMA: Calcula a soma dos números selecionados e depois escreve o resultado trocando o conteúdo de um outro texto. Ideal para somar valores de tabelas. Você pode escolher o número de casas decimais do resultado. O caractere separador de casas decimais tem que ser ponto, se necessário use o comando find para substituir.

SOMA2: Esse comando soma os textos selecionados, apresenta o resultado fixado no cursor e aguarda um clique para posicionar o resultado. O resultado será escrito com o número de casas decimais corrente e usando as mesmas propriedades do último valor selecionado. Funciona para text ou mtext.

SOMA-VALOR: Esse comando adiciona um valor constante à todos textos numéricos que você selecionar. Se o objeto selecionado for mtext, o comando não adiciona e envia uma mensagem avisando que assinalou com um círculo vermelho os mtext encontrados.

SOMBRA: Esse comando executa um retângulo com sombra, ideal para criar retangulos com destaques.

TAB-COOR2: Esse comando gera uma tabela com as coordenadas N/E dos pontos. Pode ser usado de duas formas:

  • Se já existir um arquivo com as coordenadas, basta adaptá-lo ao formato necessário (veja o arquivo do exemplo)
  • Se o arquivo não existir, você terá que criá-lo, fornecendo o nome do ponto e clicando. Ao final será gerado o arquivo com os dados para ser desenhada a tabela.

TAREFAS: Apresenta um quadro para você marcar as operações que deverão ser realizadas antes de imprimir o desenho. Ex: Atualização da data e hora, verificação ortográfica em português, desligar os frames , etc…)

TRACEJAR: Essa rotina troca o tipo de linha “continuous” para “hidden2″ de uma parte do objeto. Serve para desenhar objetos ‘escondidos’ que em uma determinada vista, serão representados com a linha tracejada. Serve também para representar trechos das curvas de níveis tracejadas.

TRADUZIR: Esse comando traduz os textos de um desenho. A tradução das expressões, devem estar gravadas num arquivo com a extensão “.txt” , obedecendo a seguinte formatação: na primeira linha o texto que aparece no desenho, na linha seguinte o texto traduzido. Isso se repete indefinidamente. É importante destacar que os textos devem estar gravados no arquivo txt, exatamente igual como está no desenho, obedecendo aos mesmos espaços. Os textos substituídos serão trocados para cor 240, dessa forma você poderá identificar facilmente quais os textos alterados.

TRI: Esse comando desenha um triangulo, a partir dos dois pontos que definem a base do triangulo.

TRI-C: Esse comando desenha um triangulo, a partir do ponto central e do valor da base.

TRIMAUTO: Esse comando é parecido com o comando trim. Solicita dois pontos, desenha uma linha temporária, executa o trim original quebrando e eliminando os objetos do lado direito em relação aos pontos clicados.

TRIMAUTO-RUP: Esse comando é uma combinação do ruptura e do trimauto. Ou seja, executa o trim nos objetos e depois desenha o símbolo de ruptura.

TRO-ESC: Esse comando escala os objetos necessários, para se ajustarem a nova escala da viewport. Observe que ele não troca a escala da viewport, ele apenas escala os objetos, baseados na antiga e nova. Os objetos que serão escalados são os seguintes: text, mtext, cotas, leader, hatch, block (simbolos do acadutil).

TRO-NIV: Esse comando serve para trocar o atributo de um bloco de nível (em elevação). O programa calcula o valor da coordenada ‘Y’ do ponto de inserção do bloco e atualiza o atributo com o valor encontrado. Permite que você adicione um sufixo para escrever a unidade e defina um multiplicador para poder converter de uma unidade pra outra.

TUBOCORTE: Esse comando desenha a vista frontal de um tubo, a partir de um círculo selecionado. Permite preencher com sólido, metade do círculo.

TUBOLONG: Esse comando desenha a interrupção de um tubo representado longitudinalmente. Basta clicar nas extremidades das faces do tubo. Observe que a ordem seleção das linhas influencia na apresentação final.

TUBVISTA: Esse comando desenha a representação de uma superfície circular. O comando solicita as duas linhas que definem os limites e desenha as linhas intermediarias que representam a curvatura.

VERESC: Esse comando simplesmente apresenta o valor da escala da viewport corrente.

ZOOM9: Esse comando executa o zoom extend, depois executa novamente o comando zoom, diminuindo “um pouquinho” para melhor visualizar as linhas de corte da margem.

ZOOME: Todo desenho gerado com o acadutil, tem uma vista (view) gravada com o nome de ‘A’. Esta vista equivale ao zoom mostrando o formato A1. Dessa forma você pode usar esse comando para restaurar a vista. Use como se fosse o comando zoom extend, esse comando é útil principalmente para o caso de desenhos carregados , onde o processo de regeneração é muito demorado.

ZOOMR: Esse comando executa o zoom, apresentando na tela o tamanho aproximado, que será impresso no papel. O tamanho que você vê no monitor é próximo ao que será impresso. Isso é útil para se ter idéia do espaçamento de linhas tracejadas, hatch, etc…

ZXP-DES: Esse comando destranca o zoom de uma viewport. Uma viewport trancada impossibilita o uso do comando zoom e pan no interior da viewport.

ZXP-TRA: Esse comando tranca o zoom de uma viewport. Use-o após definir o valor correto da escala (zoom xp). A vantagem de se trabalhar com as viewports trancadas e que você pode dar zoom normalmente, sem desconfigurar o fator XP que é o que define a escala da viewport. Você pode selecionar varias janelas de uma só vez usando um dos processos de seleção do autocad. Quando executamos o comando zoom numa viewport trancada:

  • O cursor passa para fora da viewport
  • Aguarda você definir a região do zoom
  • Retorna para dentro da viewport

10, 15, …: Esses comandos calculam a quantidade de barras que cabem num elemento estrutural de um desenho de concreto armado. Existem diversos ícones, um para cada espaçamento convencional. Ao escolher o ícone, você estará definindo o espaçamento das barras. Será apresentada uma imagem, informando:

  • número de barras
  • partida para a primeira barra
  • espaçamento sem considerar partida
  • dados que foram considerados para o cálculo